Login

dor musculoEsqueletica

Em geral, todos os adultos têm um ou mais episódios breves de músculo-esquelética associada a lesão ou uso excessivo. Embora as taxas de prevalência possam ser muito variadas, no geral a dor lombar é extremamente comum , afetando 30 a 40% dos adultos, enquanto a da fibromialgia é 2% ou menos. Entre estes extremos temos a cervicalgia e omalgia com 15 a 20% e a gonalgia, disfunção de ATM e dor crónica difusa com 10 a 15%.
A gonalgia por osteoartrose afeta 1/3 dos indivíduos com mais de 60 anos, sem descriminação de género, enquanto a cervicalgia, gonalgia e lombalgia são 1,5 vezes mais comuns em mulheres.
Além da idade e do sexo foram identificados outros fatores de risco como a presença de processos nosológicos degenerativos e o excesso ou falta de uso das estruturas músculo-esqueléticas. Foram também identificados fatores de risco psicológicos (depressão, afeto negativo), comportamentais e genéticos.

pdfDownload ptFlag